Rilheira

molde de ferro comprido em que os ourives vazam a prata fundida para fazerem chapas.

Fontes: Bluteau, 1712-1728, Suplemento II, p. 182; Moraes, 1980, vol. V, p. 28. AD