Loba

veste eclesiástica comprida que tem este nome por necessitar de muito pano na sua confeção. Palla afirma que “as Cortes de Évora de 1481 proibiram aos Judeus o porte de lobas” || vestido antigo de dó; veste roçagante; antiga túnica aberta, sobreposta por diante e sem mangas || tumor.

Fontes: Bluteau, 1712-1728, vol. V, p. 168; Palla, 1992, pp. 50-51; Dias, 2003, vol. VI, p. 403. LR e NP