Balmaz, balmaze, balmázio, belmaz, belmás

pequeno prego de cabeça redonda com vários usos; em forma de calote ou achatado. Era usado, por exemplo, na cravação dos couros das cadeiras, geralmente no intervalo dos pregos de cabeça grande decorativa; usado sobretudo em marcenaria e estofos, podia também prender tapeçarias nos móveis.

Fontes: Ferrão, 1990, vol. IV, p. 246; Machado, 1991, vol. I, p. 508; Moraes, 1994, vol. I, p. 331; Freire, 2001, vol. I, p. 179; Bluteau, 1712-1728, vol. II, p. 92; Candi, 1985, p. 325; Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, 1981, vol. IV, p. 68. AD e CO