Galeria

Há muita gente a aprender português

Há muita gente a aprender português

Portugal

2011

Luís Cunha

Entrevistas

Línguas

“Depois existe um grupo mais jovem, vinte, trinta e poucos anos, não os mais novos de todos  esses já estão perfeitamente assimilados, o universo deles é o universo indonésio, portanto, eles não sentem afinidade com o português, tirando alguns que os pais conseguiram passar essa mensagem, a maioria não se identifica. O português para eles é uma língua difícil, é um país que tem muito bom futebol, em que eles podem apostar, e tem uma polícia muito má que é a GNR, que quando fazem asneiras dá porrada na cabeça, mas é a única forma de andarem sossegados. Para as outras pessoas, há pessoas que choram, para quem os portugueses são tudo, eu às vezes chegava a uma aldeia, dizia que era português, as pessoas entravam em transe, quase, porque português é uma referência muito grande a um passado.

“A língua, a língua é difícil para eles aprenderem. Eles querem o português, mas há pressões externas, as próprias Nações Unidas e outros governos tentaram forçar outras decisões, sempre foi uma guerra muito grande dizer não é português, e porque não têm pessoas qualificadas ou não têm as pessoas que querem a falar português punham outra línguas em cima da mesa, sempre foi uma tensão muito grande, o governo tem vindo a fazer grandes esforços para impor o português como língua oficial em termos de governo e cada vez reforça mais essa atitude, há muita gente a aprender português”.